GRUPO 2 - HARDWARE

Esta é a página do Grupo 2 da T12

banner_hardware.jpg

Este grupo é formado por:

  • Diogo Espada, 2º ano de Gestão (contactos: moc.liamtoh|017adapse#moc.liamtoh|017adapse; 96 435 08 92).
  • Filipa Ferreira, 2º ano de Gestão (contactos: moc.liamtoh|41_ahnipilf#moc.liamtoh|41_ahnipilf; 92 682 17 94).
  • João Manso, 2º ano de Gestão (contactos: tp.opas|osnam_j#tp.opas|osnam_j; 91 766 70 61).
  • João Viegas, 4º ano de Economia (contactos: moc.liamtoh|sageiv_p_oaoj#moc.liamtoh|sageiv_p_oaoj; 91 204 73 35).
  • Pedro Magriço, 2º ano de Gestão (contactos: moc.liamtoh|ocirgam_amp#moc.liamtoh|ocirgam_amp; 91 630 71 71).

Somos alunos pertencentes ao grupo 2, todos diferentes, mas todos juntos e iguais neste grupo, em que estão presentes:
- um representante do sul de Portugal (alentejano… lol)
- um membro do sexo feminino (convém sempre haver)
- um ribatejano (deve ser forcado)
- um aluno do 4º ano de economia (a experiência é sempre importante)
- um lisboeta (tinha de haver… lol)

Quem é quem?

….

Tivemos a nosso cargo a apresentação dos equipamentos físicos de um computador, ou seja, o Hardware. O Hardware é usado para ler dados (input), processar esses dados, exibir o resultado do processamento (output) e armazenar programas e dados ou informações.

Nesta página, para além de colocar um breve resumo da matéria dada na nossa aula (Hardware) através do quiz por nós apresentado, iremos igualmente dar o nosso contributo para os outros capítulos dados nas outras aulas. Esperemos que encontrem alguma utilidade no que se segue.



A NOSSA AULA (HARDWARE):


Data: 28/09/2009

Nesta terceira aula de Tecnologias de Informação abordámos o capítulo "Hardware". Após a exposição da matéria, o nosso grupo apresentou os componentes do computador e a suas funcionalidades através de um quiz feito à turma. Considerámos a colocação online do mesmo a forma mais interessante de expôr o capítulo , uma vez que o resume de forma sucinta, acessível e agradável. Posteriormente, com o objectivo de enriquecer os nossos conhecimentos de Hardware, serão ainda colocados alguns elementos multimédia, entre os quais alguns links de vídeos do Youtube (ver "Links de Interesse") que ilustram as funcionalidades de vários componentes de Hardware.


1. O QUE SIGNIFICA CPU?
a) Computador Potente e Útil.
b) Unidade de Processamento Central.
c) Unidade de Processamento e Controlo.

2. HARDWARE É A DESIGNAÇÃO PARA…
a) O conceito americano de loja de ferramentas do tipo DIY.
b) Equipamento físico.
c) Equipamento físico usado para fazer input e output de dados.

3. A ELABORAÇÃO DO PRIMEIRO MODELO DE UM COMPUTADOR É DA AUTORIA DE…
a) John Von Neummann.
b) Richard Park.
c) Thomas Edison.

4. QUAL DOS SEGUINTES É UMA MEMÓRIA SECUNDÁRIA?
a) Disco Rígido.
b) Disquete.
c) Memória RAM.

5. QUAL A FRASE CORRECTA?
a) As Tecnologias de Input apresentam os dados.
b) As Tecnologias de Output aceitam os dados para processamento.
c) Nenhuma está correcta.

6. MOTHERBOARD…
a) Constitui outro nome para CPU.
b) Refere-se à placa mãe de um computador, responsável pelo funcionamento do mesmo.
c) É um desporto, tal como o bodyboard, wakeboard, etc.

7. PARA ALÉM DA MEMÓRIA PRINCIPAL PROPRIAMENTE DITA, QUAL DESTAS CONSTITUI TAMBÉM UMA FONTE DE ARMAZENAMENTO PRIMÁRIO?
a) Registos.
b) Memória ROM.
c) Memória Cache
d) Todas as anteriores.

8. A MEMÓRIA PRINCIPAL…
a) É volátil.
b) Não é volátil.

9. COMO PODEM SER OS REGISTOS DESCRITOS?
a) Tipo de armazenamento primário que faz parte do CPU. Têm muita capacidade, podendo armazenar quantidades de dados quase ilimitadas depois do processamento.
b) Tipo de armazenamento primário que não faz parte do CPU. Têm pouca capacidade e guardam os dados e as instruções usadas mais recentemente e frequentemente.
c) Tipo de armazenamento primário que faz parte do CPU. Têm pouca capacidade, só armazenando imediatamente quantidades muito limitadas de instruções e dados antes e depois do processamento.

10. QUE NOME SE DÁ AO TEMPO NECESSÁRIO PARA IR BUSCAR UMA INSTRUÇÃO E PARA DESCODIFICAR ESSA MESMA INSTRUÇÃO?
R: Instruction Time (Tempo de Instrução).

11. O QUE É O EXECUTION TIME?
R: O tempo necessário para executar uma operação ALU e para depois gravar o resultado.

12. O QUE É A ALU?
R: Arithmetic Logic Unit – é a unidade central do CPU; uma grande calculadora electrónica.

13. QUAL A MEDIDA DA VELOCIDADE DOS PROCESSADORES?
R: Hertz

14. AS VELOCIDADES DE UM PROCESSADOR, PARA ALÉM DE PODEREM SER MEDIDAS EM CICLOS DE MÁQUINA (Hz), PODEM TAMBÉM SER DESIGNADAS POR:
a) MIPS - corresponde a um milhão de instruções por segundo.
b) TERAFLOP – Corresponde a mil milhões de operações de virgulas flutuantes por segundos.
c) MMIPS- corresponde a mil milhões de instruções por segundo.
d) MEGAFLOP - corresponde a um milhão de operações de vírgula flutuante por segundo.
e) MIPS e MEGAFLOP.

15. A LEI DE MOORE DIZ QUE A COMPLEXIDADE DO MOCROPROCESSADOR DEVERÁ DUPLICAR A CADA DOIS ANOS. TAL COMPLEXIDADE RESULTA DE VÁRIAS ALTERAÇÕES. DIGA UMA.
Respostas Possíveis:
- Aumento da miniaturização dos transístores;
- Inovação do layout físico de componentes, como os chips, compactos e
eficientes quanto possível;
- Utilização de materiais para os chips que melhoram a condutividade (fluxo) de electricidade;
- Orientação da quantidade de instruções básicas programadas no chip.

16. QUE NOME SE DÁ à COMBINAÇÃO DO INSTRUCTION TIME E DO EXECUTION TIME?
R: Ciclo de Máquina.

17. DÊ EXEMPLOS DE OBJECTOS CONSIDERADOS COMO TECNOLOGIAS DE INPUT?
Respostas Possíveis:
- Joystick.
- Scanner.
- Rato.
- Microfone.

18. O RECURSO A VÁRIOS SERVIDORES DE COMPUTADORES PARA SERVIR AS NECESSIDADES DE UMA REDE DENOMINA-SE DE:
a) Server Farms.
b) Edge Computing.
c) Grid Computing.

19. COMPUTAÇÃO AUTONÓMICA REFERE-SE:
a) Aos sistemas que necessitam de pouca ou nenhuma intervenção humana.
b) Ao desenvolvimento de sistemas que necessitam de constante intervenção humana.

20. CONVERTA O NÚMERO 539 (EM DECIMAL) PARA BINÁRIO:
R: 1000011011.

21. CONVERTA O NÚMERO 11001 (EM BINÁRIO) PARA DECIMAL:
R: 25.

22. APROXIMADAMENTE QUANTOS BYTES FORMAM UM MEGABYTE?
R: Um milhão.

23. A QUE TIPO DE ARQUITECTURA CORRESPONDEM OS PROCESSADORES 386 E 486 DA INTEL?
a) RISC.
b) CISC.

24. QUAL DAS SEGUINTES OPÇÕES EXPRESSA CORRECTAMENTE POR ORDEM DECRESCENTE AS UNIDADES DE MEDIDA DE MEMÓRIA?
a) Yb, Zb, Pb, Eb.
b) Zb, Yb, Gb, Mb.
c) Mb, Gb, Byte, Bit.
d) Yb, Eb, Tb, Mb.

25. QUANTE INFORMAÇÃO PODE UM CD (COMPACT DISK) ARMAZENAR EM MÉDIA?
R: 800 Mb.

26. QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DAS MEMÓRIAS AUXILIARES?
a) São acedidas directamente pelo CPU.
b) Baixa capacidade de armazenamento e um custo mais elevado em relação à memória principal.
c) Memórias permanentes que não se apagam quando o computador está desligado.

27. QUAL A CAPACIDADE DE UMA DISQUETE?
a) 1.44 Mb.
b) 144 MB.
c) 1.44 Gb.

28. AS UNIDADES DE DISCO EM RAID SÃO UTILIZADAS NORMALMENTE EM:
a) Servidores de pequenas e médias empresas.
b) Computadores pessoais.

29. QUAL DESTAS MEMÓRIAS AUXILIARES TEM MAIOR CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO?
a) Pen Drive.
b) Disquete.
c) Disco Externo.

30. DISCOS EXTERNOS SÃO:
a) Embalagens para conectar dispositivos de armazenamento remoto.
b) É um dispositivo dedicado ao armazenamento de ficheiros dentro de uma rede.
c) Embalagens autónomas contendo um ou mais discos, usadas principalmente para efeitos de cópia de segurança.

31. O NAS (NETWORK-ATTACHED STORAGE) É:
a) Um dispositivo dedicado ao armazenamento de ficheiros dentro de uma rede, disponibilizando o acesso aos dados aos clientes dessa rede.
b) Um computador conectado à rede cujo único objectivo é fornecer serviços de armazenamento de dados a outros postos de trabalho na rede.
c) Ambas as respostas anteriores estão correctas.

32. CONSIDERANDO A EVOLUÇÃO DO ARMAZENAMENTO, QUAL A MEMÓRIA QUE SE SEGUE À PEN DRIVE?
R: Disco Externo.

33. QUAL DESTES UTILIZA FIBRA ÓPTICA NAS LIGAÇÕES; TENDO GRANDES DIMENSÕES E UMA REDE PRÓPRIA SEPARADA DA REDE LOCAL?
a) NAS (Network-attached storage).
b) SAN (Storage area network).
c) Ambas as respostas anteriores estão correctas.


O NOSSO CONTRIBUTO PARA AS OUTRAS AULAS:

Nesta segunda aula de Tecnologias de Informação abordámos o capítulo "Conceitos Fundamentais de Sistemas de Informação". Seguem-se os tópicos que considerámos fundamentais e que merecem nota:

  • O objectivo dos Sistemas de Informação é fornecer a informação certa, para as pessoas certas, no tempo certo, e na quantidade e formato certos.
  • Tecnologias de Informação engloba Hardware, Software e Componentes de Rede.
  • Há que diferenciar Dados, Informação e Conhecimento. Enquanto os Dados são apenas descrições elementares de factos (exemplo: "dizer Sporting"), a Informação consiste em dados organizados de forma a porpocionar valor e sentido para o receptor (exemplo: "o Sporting ganhou ao Benfica"). Por último, o Conhecimento de que apenas o Homem é possuidor e nunca a Máquina, envolve a organização e processamento de Dados/Informação de modo a que estes transmitem uma maior compreensão do fenónemo.
  • Qualquer Sistema é constituído por Inputs, Processamento, Outputs e um Mecanismo de Controlo.
  • Sistema Informático e Sistema de Informação são conceitos diferentes. O último incorpora o primeiro.
  • O Sistema de Informação Organizacional tem por objectivo fornecer informação para suportar as Operações, as Tomadas de Decisões e a Posição Competitiva de uma determinada organização.
  • A Arquitectura das Tecnologias de Informação de uma determinada empresa é hoje universal a todos os departamentos da mesma. No entanto, nem sempre foi assim, pois no passado era usual por exemplo cada departamento ter a sua base de dados, o que originava vários problemas (fuga de informação, falha de comunicação, dados diferentes, etc).
  • Existem várias formas de classificar os Sistemas de Informação, entre as quais a Extensão de Utilização (Individual, Workgroup, Organizacional, Interorganizacional), o Âmbito Geográfico de Utilização, os Objectivos do Sistema e Impacto Estratégico.
  • Classificando os Sistemas de Informação por "Objectivos do Sistema", há que saber dominar os vários sistemas, quer de Suporte à Produtividade Individual, quer de Suporte às Operações Correntes (Intra-Organizacionais (TPS, ERP, CRM, SCM) ou Inter-Organizacionais), ou ainda de Suporte à Tomada de Decisões (Business Intelligence - Data Mining, OLAP, KMS, DSS, EIS, Expert Systems).

No final da aula, o Grupo 1 apresentou a matéria através de quatro jogos. Para responder a esses jogos foi necessário estar a par de algumas definições que estão expostas na wiki do Grupo 1.


Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License